COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

Os proprietários rurais receberão um código e quando houver a necessidade de chamar a PM este deverá ser informado para que a ocorrência seja atendida com mais rapidez

Ontem (25), em continuidade à implantação do sistema de Geoprocessamento da Zona Rural na área da 107ª Cia PM, foi realizada uma reunião entre a Polícia Militar e o responsável técnico pelo georreferenciamento, senhor Plínio Pereira, proprietário da empresa Pleno Mapas. O programa foi instalado na sede da Companhia e contempla várias fazendas dos municípios da subárea, que já estão catalogadas.

Os proprietários rurais serão convidados a comparecerem até a sede do pelotão, onde será realizado o cadastro da propriedade, obtendo-se diversos dados, bem como receberão um código alfanumérico contendo três letras e quatro números.

Continua depois da publicidade.

Segundo informações da Polícia Militar, quando for necessário o acionamento da PM nesta propriedade, o solicitante deverá informar o código fornecido. O radioperador acionará a guarnição que estará de posse de um GPS, o patrulheiro digitará o código identificador e a viatura será direcionada ao local indicado. “Com os cadastros efetivados, após a ocorrência de um delito em uma determinada fazenda, o radioperador também poderá realizar contatos telefônicos com os moradores vizinhos, orientado por meio do código das áreas adjacentes, já levantando a rota de fuga, subsidiando a rede de rádio com estas informações”, afirmou o Tenente Andreote.

Em conjunto com a implantação do sistema, serão desencadeadas operações com a Patrulha Rural, com o intuito de melhorar a proteção nas áreas rurais, divulgar o sistema, bem como possibilitar a inserção de dados cadastrais “in loco”, nas propriedades, juntamente com os proprietários rurais.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp