COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade .

O professor de história Di-Gianne Nunes, juntamente com os alunos do regime fechado da Associação de Proteção aos Condenados (Apac), participou do prêmio Educador Nota 10, realizado pela Editora Abril. O prêmio foi disputado por mais de cinco mil profissionais de todo o Brasil e selecionou dez trabalhos, dentre os quais o inscrito pelo professor lagopratense, com o tema “Regime Fechado, Visão Aberta”, que foi o único selecionado em Minas Gerais.

A premiação acontecerá em São Paulo, no dia 21 de outubro. No mesmo evento também será eleito o melhor educador do Brasil. “Em um debate sobre o Império Romano, um dos alunos levantou a dúvida se havia condições da Bíblia ser utilizada para estudos históricos. Expliquei que há diversas possibilidades de se ter a Bíblia como fonte histórica por ser repleta de situações que demonstram as tradições dos povos antigos, as leis, a economia e os reis. Coisas que são provadas pela arqueologia”, afirmou.

Continua depois da publicidade .

O professor ainda destacou que este é um concurso anual e que é considerado como o Oscar da Educação pelos professores. “Os alunos ficaram muito motivados e leram muito. Os grupos foram formados e os meninos liam a Bíblia, revistas e diversos livros didáticos que tratam sobre a história antiga. Fomos tecendo e caminhando dessa forma. Fizemos mapas com registros históricos, que mostravam cidades que são citadas na bíblia e onde se encontram hoje, ou seja, além de estudarmos histórias também pudemos ver geografia”, disse.

A notícia de que seria um dos educadores premiados veio por meio de uma ligação de um dos diretores da editora Abril. “Ele falou que achou o trabalho muito interessante. Inclusive, me disse que na entrega terá um pessoal de outro país que quer conhecer de perto esse trabalho de ressocialização da Apac de Lagoa da Prata. Eu gostei muito do que uma mãe de um recuperando me disse. Ela falou que o filho dela só saía em página policial e agora está em um projeto educacional nacional”, destacou o professor.

 

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp