Compartilhar
Publicidade

Foi inaugurada no dia 23, durante a 33ª Exposição Agropecuária de Santo Antônio do Monte, a Praça de Alimentação Márcio Alaor de Araújo. Durante a solenidade, o homenageado se fez presente e recebeu uma placa em reconhecimento pelos serviços prestados à comunidade de Santo Antônio do Monte. A placa tem os seguintes dizeres: “Márcio Alaor, de seu coração humano e amigo, brota a alegria de nossa gente. Hoje você faz a alegria de nosso ruralista que aqui o homenageia. Sua atenção a nossa gente é marca de amor a nossa terra. Vilmar Otávio de Oliveira, presidente do Sindicato Rural de Santo Antônio do Monte – 23 de agosto de 2014.”

Entre as autoridades que usaram da palavra, Vilmar Otávio, presidente do Sindicato Rural disse que agradece a Márcio Alaor por tudo que tem feito em benefício da cidade. “Nós, do Sindicato Rural, estamos com muitas ideias para ajudar o nosso produtor rural e precisamos cada vez mais de parcerias como a sua, da Prefeitura e da Câmara. A nossa diretoria só tem a agradecer a sua generosidade com povo da nossa cidade. Obrigado!”, disse Vilmar.

Publicidade

Luís Antônio Resende agradeceu em nome da Câmara Municipal: “Eu gostaria de agradecer tudo que você tem feito pelo povo do nosso município, principalmente pelo homem do campo e para o Parque de Exposições. Você nunca sabe dizer não para um pedido do povo de Santo Antônio do Monte. Como bem disse o Vilmar Otávio, sem qualquer pretensão política, você ajuda muito mais que muitos políticos que buscam votos da população local,” disse.

O prefeito Wilmar Filho lembrou que antes, o galpão era um mero deposito de grãos e que durante a sua primeira gestão abrigou os estandes da Festa do Foguete. “Agora, nessa reforma do parque,  fizemos desse espaço, uma grande e arejada praça de alimentação. Confesso que no caminho para cá fiquei pensando o que essa praça tem a ver Márcio Alaor. A resposta é simples: como este local, Márcio alimenta os sonhos de muitos em nossa cidade! Como já disseram todos que me antecederam, o Marcinho nunca fecha a porta para os sonhos e projetos de nossa terra. Ele sempre está prontamente disposto a dar um jeito, a ajudar. Eu tenho orgulho de ter sido seu contemporâneo e poder hoje participar desta homenagem que imortaliza os seus gestos, a sua generosidade. Você, Márcio é digno desta justa homenagem. É um prazer estar junto de você neste dia de reconhecimento do povo de Santo Antônio do Monte. Em nome desse povo lutador, que produz o alimento no município, que hoje já é o maior produtor de leite do Centro Oeste de Minas, superando a Pompéu, que lhe homenageamos. Fazemos parte de um município de terras que não favorecem a agricultura e nem a pecuária, mas a coragem do nosso homem do campo faz delas glebas produtivas. São homens valorosos como você, que infância engraxava sapatos e hoje é essa pessoa referencial em Minas Gerais e no Brasil,” disse o prefeito.

Tenho muita sorte, pois o povo da minha cidade me presta esta homenagem enquanto estou vivo. Adoro Santo Antônio do Monte e não quero nunca perder esse contato, essa relação de carinho e amizade que tenho com todos vocês. Enquanto eu puder, não tenham dúvidas de que eu vou ajudar

Márcio Alaor enfatizou que se tem um sentimento que ele nutre em si mesmo é a gratidão. “Eu me lembro de que o Dr. Wilmar Pai tinha um carinho muito grande para comigo e sempre trazia mais pares de sapato para eu engraxar e, muitas vezes, os sapatos estavam limpos. No sábado eu ia ao consultório dele receber, depois do último paciente e ele passava mais de uma hora conversando comigo, me aconselhando. Ele dizia que eu precisava sair para o mundo, que eu precisava estudar, precisava crescer, mas enfatizava sempre que eu nunca deveria perder minhas raízes. Eu perguntava para ele: Mas os sapatos estão limpos, porque o senhor me pede para engraxá-los de novo? Rindo, ele dizia que era porque eu precisava ganhar dinheiro. Eu ainda argumentava que não era justo eu ganhar dinheiro sem trabalhar e ele retrucava: você está engraxando. Ele me ensinou muito e mais do que isso, ele pagava 150% o valor que eu escrevia num pedaço de papel de pão. Quando fui para Belo Horizonte trabalhar como office boy, ele continuou me chamando nos finais de semana, preocupado, perguntava tudo, e a verdade é que ele tinha por mim um cuidado de pai com filho. Eu fiz questão de contar essas historias porque a gente tem que ter gratidão na vida. Temos que saber reconhecer as coisas boas, quem nos ajudou pelo caminho. Eu tenho muita fé e por isso, penso que a vida não pode ser só dinheiro, não podemos pensar só no lado financeiro. Precisamos valorizar  as amizades. Tento manter contato com todos os meus amigos daqui, porque são pessoas que eu quero bem. Logo, toda homenagem que eu recebo em Santo Antônio do Monte ou minha família recebe,  fico grato e muito feliz, pois o normal é a pessoa ser homenageada depois da morte. Tenho muita sorte, pois o povo da minha cidade me presta esta homenagem enquanto estou vivo. Adoro Santo Antônio do Monte e não quero nunca perder esse contato, essa relação de carinho e amizade que tenho com todos vocês. Enquanto eu puder, não tenham dúvidas de que eu vou ajudar”, finalizou.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Santo Antônio do Monte.

 

inauguraação praça alimentação3

 

Publicidade