COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

O porte obrigatório do Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV) de 2013 já é exigido desde junho para os veículos de placas com finais 1 e 2. Para as placas encerradas em 3 e 4 a obrigatoriedade a exigência é a partir de  julho; as placas com finais 5, 6 e 7 em agosto e as com finais 8, 9 e 0 em setembro. A informação é do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG) e foi publicada no “Diário Oficial do Estado” no dia 01 de junho.

Sem CRLV, veículo pode ser apreendido

Continua depois da publicidade.

A renovação do Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV) é uma obrigação anual para que o veículo possa trafegar. Caso o motorista seja flagrado sem a documentação necessária, poderá ter o veículo apreendido e ser autuado em infração gravíssima.

“Só não autuamos se o documento já tiver sido emitido. Nesse caso, o condutor não é multado, mas o veículo fica retido até que ele apresente a documentação atualizada”, explicou um policial militar. Nessa situação, o carro ou a moto é encaminhado ao pátio de recolhimento de veículos.

Exigência do CRLV 2013

Confira a partir de quando começará a ser obrigatória a apresentação do documento:

Placa final 1 e 2 – junho
Placa final 3 e 4 – julho
Placa final 5, 6 e 7 – agosto
Placa final 8, 9 e 0 – setembro

O que fazer se o documento não chegou

Veículos licenciados

Situação – Todas as taxas obrigatórias foram pagas e não há pendências no veículo, mas o documento não chegou.
Motivos do não recebimento – Pode haver erro no endereço de entrega ou pode ser que não haja ninguém na residência para receber o documento.
O que fazer – Nesse caso, após três tentativas de entrega, o CRLV é devolvido aos Correios e pode ser retirado pelo proprietário do veículo na sede da UAI Estadual.

Veículos não licenciados

Situação – Todas as taxas obrigatórias foram pagas, mas o documento não foi emitido.
Motivos da não emissão – Pode haver alguma pendência relacionada ao veículo, como multa.
O que fazer – Nesse caso, o proprietário do veículo deve procurar o Detran para investigar o caso e regularizar a situação. Uma vez regularizada, o proprietário do veículo pode solicitar a emissão do licenciamento e esperar seu recebimento em casa ou retirá-lo na sede da UAI Estadual.

Adriano Santo – TV Cidade, Lagoa da Prata.
 

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp