COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

O verbo buscar é um dos mais praticados pelos homens. É uma atitude frequente para quem deseja encontrar algo que dê sentido à vida. Pode ser a felicidade, o conhecimento, o amor, a paz, o dinheiro, o sexo, uma infinidade de substantivos encontrados no dicionário. As buscas são diversas.

Vive-se momento propício para a reflexão. Neste período, na chegada do feriado santo, indiferentemente da religião ou da busca religiosa, é possível se encontrar com a espiritualidade. Os dias são mais amenos, com as cores amareladas do outono, quando as árvores se preparam bravamente para o frio da próxima estação. Metaforicamente, assim são os homens, que se recolhem aos pensamentos, no anseio de uma intimidade consigo. É a atitude do buscar a si mesmo para a renovação necessária dos rumos da idade.

Continua depois da publicidade.

Especiais são os que conseguem transformar o espírito para viver plenamente a sua humanidade. O autoconhecimento é a garantia da tolerância com as diferenças, afinal, nem os gêmeos são semelhantes cem por cento. Este momento é o início das mudanças, do renascimento, da modificação das ideias, da troca de motivações, e por isso se chama Páscoa, ou seja, é uma passagem.

Historicamente, é a celebração de vários povos e correntes religiosas com significados diversos, como os judeus, que festejam a libertação e a fuga do povo escravizado no Egito e os cristãos que relembram a ressurreição de Jesus Cristo. A Páscoa também carrega outro simbolismo como o da fertilidade, que é representada pelo coelho. O animal, nos tempos antigos, aparecia nos campos com seus filhotes, logo no fim do inverno, quando a data era comemorada no hemisfério norte. Já o ovo, atualmente, distribuído como chocolate, simboliza o começo da vida. Vários povos costumavam dar ovos de presentes, desejando aos amigos uma boa passagem para uma vida feliz.

Assim, Páscoa é o que se deve buscar. É a missão verdadeira do ser humano, que deve sempre praticar o bem para si e para os outros. Essa conquista se faz independentemente do calendário, que determina o feriado. E esse apenas indica a ocasião em que são necessários uns minutos de pensamentos positivos para o gerenciamento do corpo e da alma. Portanto, essa renovação pode ser uma constante, como a rotação da Terra.

Para concluir, usa-se uma frase do escritor Augusto Cury que demonstra a proposta dessa importante atitude do verbo buscar: “a vida é um grande espetáculo. Só não consegue homenageá-la quem nunca penetrou dentro do seu próprio ser para perceber como é fantástica a construção da sua inteligência”.

 

Juliano Azevedo

Jornalista, mineiro, Chefe de Redação da TV Alterosa/SBT Minas, Mestrando em Estudos Culturais Contemporâneos pela Universidade FUMEC, Professor de Redação Publicitária na Faculdade INAP, Escritor e Palestrante.

 

Blog: www.julianoazevedo.blogspot.com

Twitter: @julianoazevedo

E-mail: [email protected]

Instagram: @julianoazevedo

 

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp