COMPARTILHAR
Ilustração
Continua depois da publicidade .

A obra está sendo realizada através de um convênio da Funasa e terá um custo de mais de 3 milhões de reais

A Prefeitura Municipal, por meio do SAAE, retomou as obras da Estação de Tratamento de Água (ETA) de Lagoa da Prata. A obra está sendo realizada através de um convênio da Funasa e terá um custo de mais de 3 milhões de reais. A previsão é que ela seja terminada nos próximos meses.

De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, o objetivo da obra é melhorar o abastecimento retirando ferro e manganês da água, deixando-a assim mais pura. “Há mais de 50 anos moradores de vários bairros foram prejudicados com esses fatores. A extensão do sistema é de 18 mil metros de rede chegando aos bairros Marília, Chico Miranda, Sol Nascente, Santa Helena, Santa Eugênia e Dona Alexandrina”, disseram.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp

Continua depois da publicidade .