COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

A jovem que compõe o time do Clube de Atletismo BM&F, no estado de São Paulo, também é estudante de Engenharia Mecânica.

Núbia Soares esteve na Praça de Esportes, em Lagoa as Prata, no dia 23 de setembro, para falar com crianças da escola municipal Monteiro Lobato. Os alunos que fazem parte do Programa Mais Educação, ouviram da atleta a trajetória, as dificuldades, conquistas e os planos para o futuro. Após a palestra, eles fizeram perguntas e tiraram fotos com Núbia.

Continua depois da publicidade.

O Programa Mais Educação atende hoje 85 alunos do primeiro ao quinto ano da escola Monteiro Lobato com oficinas de atletismo, acompanhamento pedagógico, aulas de violão, xadrez e dança.

Carla Rodrigues-Coordenadora do projeto.
Carla Rodrigues-Coordenadora do projeto.

Carla Cristina Rodrigues, coordenadora do projeto, ressalta a importância da presença de Núbia para os pequenos atletas. “Nós nos sentimos muito honrados em recebê-la, porque o atletismo é uma das oficinas que temos no Programa Mais Educação. Os alunos vêm para Praça de Esportes treinar e essa é a oficina que eles mais gostam. É um momento de grande incentivo e quem sabe daí a gente descobrirá novos talentos. É uma oportunidade que nossos alunos estão tendo com ela”, disse.

Abel Mendes - Educador Físico e treinador do projeto .
Abel Mendes – Educador Físico e treinador do projeto .

Abel Mendes foi o primeiro treinador de Núbia quando ela integrava o projeto Correndo Para o Futuro, da Secretaria Municipal de Esportes. Hoje ele treina também os alunos do Mais Educação e vê o crescimento do atletismo na cidade. “É importante a presença da Núbia entre as crianças, porque além da gente colocar a relevância do atletismo e das chances de cada um, mostramos claramente onde já chegou um atleta nosso nas mesmas condições que nós temos hoje. Na verdade, as condições que temos hoje são até melhores do que ela enfrentou. Mostramos que é possível ver uma luz, um ponto de esperança, mesmo diante das dificuldades. As crianças podem enxergar através da trajetória percorrida por ela um futuro melhor”, destacou.

Soares também foi aluna da escola Municipal Monteiro Lobato e destaca a responsabilidade de ser um referencial para os alunos. “Melhorou muita coisa desde que saí. No período em que estive lá não tinha o projeto, e vejo isso como uma grande vantagem, uma evolução que vai ajudar bastante as crianças. Eu me sinto super honrada em falar para os alunos da minha antiga escola e fico feliz em ver que estão em um bom caminho. Acredito que como pessoa que pode inspirar as crianças eu preciso dar exemplo. Busco melhorar, fazer as coisas sempre bem feitas, não apenas no esporte, mas como pessoa também. Mostrando que há um caminho melhor, é preciso estudar e se aprimorar”, frisou.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp