COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

Acidente foi perto de Nova Serrana no domingo (30). Desde então vítima não foi identificada.

 

A mulher que foi atropelada e arrastada na BR-262 em  Nova Serrana, no domingo (30), continua sem identificação, de acordo com a delegada de Polícia Civil, que investiga o caso, Elenita Batista. Ela informou ao G1 nesta terça-feira (1º) que foi aberto um inquérito para investigar o caso. O corpo da vítima será enterrado nesta terça-feira como indigente.

Continua depois da publicidade.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, que foi acionado no local, a vítima andava pela rodovia quando um carro de passeio a atropelou no Km 460. Em seguida ela foi atingida por um caminhão que arrastou o corpo pela rodovia por cerca de cinco quilômetros.

Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, um veículo deu sinal para o motorista do caminhão, que parou no trevo de Nova Serrana e em seguida acionou a polícia. ” Não houve atuação do Corpo de Bombeiros,pois quando chegamos foi constatado o óbito”, informou o sargento da corporação, Wallace Campos.

A delegada disse ainda que o motorista não prestou depoimento, mas ele será acionado para depor nos próximos dias. O corpo da vítima será enterrado nesta terça-feira mesmo sem identificação. Segundo Elenita, há possibilidades de que a vítima era garota de programa. “Como não encontramos nenhum documento da vítima e após várias buscas no sistema, ela será enterrada como indigente até que seja identificada para que o óbito seja registrado adequadamente”, informou.

 

Fonte: G1

Foto: Israel Silveira

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp