COMPARTILHAR
Imagem ilustrativa/ Reprodução da internet
Continua depois da publicidade.

Os vereadores de Lagoa da Prata têm mostrado neste primeiro ano de legislatura que o que é ruim ainda pode piorar. Um requerimento aprovado por 7 parlamentares corrobora o que o Jornal Cidade afirmou na última edição: “Para os vereadores, os benefício$. Para o povo, a lei”, ao criticar a forma como os “representantes do povo” aprovaram, caladinhos, o pagamento do 13º salário para eles próprios.

Eis que agora, num gesto “republicano e democrático”, eles resolveram consultar a população sobre um projeto que prevê a liberação de lançamento aéreo de maturadores e adubo nas lavouras no município. Os veradores Elias Izaías, Josiane Almeida e Joanes Bosco, autores da proposta, argumentam que “precisam conhecer a vontade popular a respeito desse tema tão importante para a coletividade. Essas informações são importantíssimas para que as autoridades locais tomem a decisão que melhor atenda aos anseios da população”, escreveram no requerimento que foi aprovado também pelos colegas Olair Dias, Quelli Cássia, Cida Marcelino e Arlen Moura. Adriano Moreira votou contrário.

Continua depois da publicidade.

O presidente votaria, neste caso, apenas em caso de empate. Consultar o povo sempre é necessário. Mas, veja bem. Não seria mais justo e transparente realizar uma audiência pública, com representantes da população, ambientalistas e pesquisadores independentes, que são técnicos do assunto?

Ora! Vereador é pago para pesquisar e se posicionar sobre todos os temas e assumir o ônus ou bônus de suas decisões. Querem jogar nas costas do cidadão a responsabilidade de uma decisão tão importante? Isso é demagogia e jogar para a plateia.

Pra finalizar, vai uma dica para os “nobres vereadores”. Já que eles têm um respeito muito grande pela opinião do povo, que tal colocarem na cédula de votação da consulta popular uma pergunta para saber se o cidadão concorda em pagar o 13º salário aos vereadores?

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp