COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade .
O reencontro aconteceu após um amigo postar uma foto de Miguel em uma rede social

Após ter uma foto divulgada no Facebook, Miguel Barbosa de Almeida reencontrou seus filhos depois de 22 anos sem saber onde eles estavam. De acordo com Carlos Pereira, o amigo de Miguel que postou sua foto na internet, o encontro, que aconteceu no dia 27 de setembro, foi emocionante. “Ele luta contra um câncer na garganta e está muito fraco. Hoje ele tem 37 quilos. A visita dos filhos o fez ganhar forças para lutar contra a doença”, afirmou.

Miguel e o amigo Carlos Pereira, que o acolheu e promoveu o reencontro da família.
Miguel e o amigo Carlos Pereira, que o acolheu e promoveu o reencontro da família.

Miguel é natural de Mato Verde, na região Norte de Minas, e é pai de três filhos. Tudo começou quando ele se separou da mulher, deixou sua cidade de origem e foi para Belo Horizonte. “Nós o conhecemos em BH há pouco mais de 20 anos. Depois que se separou da mãe de seus filhos ele morou com uma senhora que faleceu há uns dois anos, e os filhos dela colocaram ele na rua. Ficamos sabendo das dificuldades que ele estava passando sem um lugar para morar. Então, minha mãe decidiu buscá-lo e o trouxe para Lagoa da Prata. Há algum tempo começou a sentir fortes dores na garganta e foi diagnosticado o câncer”, contou Carlos.

Continua depois da publicidade .

Muito debilitado, Barbosa não reconheceu seus dois filhos na hora, Ednalva e Edmárcio. “Eles vieram no outro dia e quando chegaram nós falamos que os filhos eram médicos que tinham vindo examiná-lo, e ele não os reconheceu. No momento em que falamos que eram seus filhos, o Miguel ficou sem reação. A última vez que os tinha visto eles ainda eram crianças. A emoção tomou conta de todos nós ao ver esse reencontro”, disse Carlos.

Depois de conversarem, os filhos decidiram levar o pai com eles para Uberaba, no Triângulo Mineiro, onde moram atualmente. “Lá ele irá se tratar e assim que estiver mais forte, irão levá-lo a Mato Verde visitar toda a família, pois os pais de Miguel estão  vivos e toda a família está ansiosa para revê-lo” acrescentou Pereira.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp