COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

Minas Gerais não tem representantes nas Ligas Nacionais feminina e masculina de handebol. Há poucos clubes no Estado, e o investimento é quase inexistente. Mesmo assim, há quem consiga driblar isso e alcançar destaque.

Ontem, o espanhol Jordi Ribera, técnico da seleção brasileira de handebol, anunciou os 21 pré-convocados para o Pan-Americano de juniores, que será realizado na Argentina. Na lista, há dois atletas mineiros.

Continua depois da publicidade.

O goleiro Pedro Henrique Hermones e o armador Milton Vieira, ambos com 20 anos, são os representantes do Estado na seleção de Ribera. Eles têm percursos semelhantes no esporte. Hermones e Vieira são do interior. O goleiro é natural de Estrela do Indaiá, e o armador, de Lagoa da Prata. Eles atuaram no Carmo da Mata na disputa da Copa Estrada Real, em Mariana, em 2010.

Os dois se reencontraram em 2012, quando Hermones se transferiu para a ADH 15 de Piracicaba. Lá estava Vieira, que é um dos destaque do time.

“O meu sonho é viver do esporte, mas, no handebol, isso é muito difícil. Quero entrar na faculdade com o auxílio do time e conciliar a minha carreira acadêmica com a esportiva”, comentou Hermones, que tem no irmão mais novo, Luiz Henrique, a força para continuar.

“Ele veio para São Paulo comigo para jogar na mesma posição (goleiro), mas teve que voltar por problemas pessoais. Quando soube da convocação, só pensei nele”, disse. Os dois mineiros ainda precisam convencer Ribera, que convocará 16 atletas para o Pan-Americano.

Fonte: Jornal O Tempo

Foto: ADH 15 de Piracicaba/Divulgação

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp