COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

Cinco pessoas foram localizadas, sendo quatro menores e um jovem.
PM disse que três pediram corrida na madrugada desta quarta-feira (9/04).

 

Um taxista de 56 anos foi feito refém durante a madrugada desta quarta-feira (9/04) em Lagoa da Prata. A Polícia Militar (PM) informou que três suspeitos solicitaram uma corrida na Rodoviária Municipal para o Bairro Marília e que desconfiado o taxista solicitou que um amigo, de 47 anos, acompanhasse na viagem. Durante o trajeto os passageiros anunciaram o assalto e ameaçaram as vítimas com uma arma.

Continua depois da publicidade.

 

O amigo do taxista conseguiu fugir e em seguida o outro foi abandonado na MG-170 e encontrado pela PM amarrado em uma árvore no local. Segundo a polícia, depois de uma denúncia da vítima que fugiu foi feito um cerco nas cidades de Bom Despacho e Moema onde cinco foram detidos em um posto da Polícia Rodoviária Federal na BR-262. Desses, quatro são adolescentes e um tem 19 anos.

 

Com eles foram encontrados quatro celulares, um rádio comunicador, duas buchas de maconha e a carteira de uma das vítimas com documentos e dinheiro. A arma utilizada na abordagem dos suspeitos foi abandonada às margens da MG-170 e não foi encontrada. Segundo o taxista de 56 anos, R.V.O, os suspeitos o ameaçavam a todo momento. “Foi um terror, mas não pretendo abandonar a profissão” contou.

 

Os suspeitos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Lagoa da Prata onde serão ouvidos. As vítimas tiveram ferimentos leves, foram levadas ao Hospital São Carlos da cidade e passam bem. O material encontrado com os suspeitos foi apreendido.

 

Fonte: G1

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp