COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade .

Serviço de Atendimento Móvel de Urgência será administrado por um consórcio intermunicipal de saúde

LAGOA DA PRATA – Deu entrada na última sessão da Câmara Municipal o projeto de lei que ratifica o protocolo de intenções para que o município faça parte da constituição do Consórcio Intermunicipal de Saúde para Gerenciamento dos Serviços de Urgência e Emergência da Região Ampliada Oeste (CIS-URG OESTE). Dentre os serviços que serão oferecidos pelo consórcio, está a implantação do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) na região, composta por 54 municípios, dentre eles Santo Antônio do Monte, Moema, Japaraíba e Pedra do Indaiá.

O secretário municipal de Saúde de Lagoa da Prata, Antônio Juarez de Castro, por telefone disse ao Jornal Cidade que a União entrará com 50 por cento do custeio do serviço. O Estado arcará com 25 por cento e os municípios com outros 25 por cento.

Continua depois da publicidade .

Aprovado e implantado o projeto, Lagoa da Prata terá duas ambulâncias do SAMU – uma de suporte básico e uma UTI móvel – que atenderá também as cidades de Moema e Japaraíba. As unidades de Santo Antônio do Monte atenderão Araújos e Pedra do Indaiá.

O investimento mensal de cada município, de acordo com o secretário, será em torno de R$ 0,70 por habitante. Lagoa da Prata fará um aporte mensal de aproximadamente R$ 30 mil no serviço. “Tudo isso está sendo feito por intermédio do empenho do prefeito Paulo César Teodoro. Ele é o pioneiro do programa e um dos poucos que se propuseram a tomar a iniciativa de encabeçar esse programa. Aliado à vontade política de funcionar a UTI do Hospital São Carlos, de buscar recursos para a UPA, será um trabalho que vai melhorar a saúde da região”, acrescenta Juarez.

O consórcio intermunicipal será composto pelos municípios de Bom Despacho, Dores do Indaiá, Estrela do Indaiá, Luz, Martinho Campos, Moema, Serra da Saudade, Araújos, Arcos, Carmo do Cajuru, Cláudio, Divinópolis, Itapecerica, Japaraíba, Lagoa da Prata, Pedra do Indaiá, Perdigão, Santo Antônio do Monte, São Gonçalo do Pará, São Sebastião do Oeste, Bambuí, Córrego Danta, Córrego Fundo, Formiga, Iguatama, Medeiros, Pains, Pimenta, Tapiraí, Itaúna, Itaguara, Itatiaiuçu, Piracema, Pará de Minas, Conceição do Pará, Igaratinga, Leandro Ferreira, Nova Serrana, Onça do Pitangui, São José da Varginha, Aguanil, Bom Sucesso, Camacho, Campo Belo, Carmo da Mata, Carmópolis de Minas, Cana Verde, Candeias, Cristais, Oliveira, Passa Tempo, Santana do Jacaré, Santo Antônio do Amparo e São Francisco de Paula.

UPA – De acordo com o secretário, o projeto arquitetônico da futura Unidade de Pronto Atendimento já foi aprovado na Vigilância Sanitária. “Como é uma obra completa, tem que ser bem planejada. Esperamos ter aprovados até o final de fevereiro os demais projetos (hidráulico, arquitetônico, etc) para que façamos a licitação para a construção da obra”, conclui.

Foto ilustrativa da internet

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp