COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

Município obtém a maior nota desde 2007, ano em que o IDEB foi criado. Lagoa da Prata supera meta nacional estabelecida para ser alcançada em 2022

 

Lagoa da Prata ficou entre as quatro cidades de Minas Gerais com a maior nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) na avaliação de 2015, registrando a marca de 7,5 – numa escala de 0 a 10. Esta foi a maior nota obtida pelo município desde 2007, ano em que o IDEB foi criado. A secretária municipal de Educação, Paulene Andrade, comemorou o resultado. “Investimos quase 50 milhões de reais em educação, no sistema de ensino, construção de escolas, reformas, mobiliário, equipamentos, merenda de qualidade, projetos pedagógicos, educação em tempo integral, formação dos professores, o CEMAE – Centro Municipal de Atendimento ao Educando, entre outros. Tudo isso contribui para o sucesso na aprendizagem do aluno”, disse Andrade.

Continua depois da publicidade.

Na entrevista a seguir, a secretária fala sobre os avanços da educação municipal nos últimos anos.

O que é o IDEB?

Paulene: IDEB é o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, criado em 2007, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), formulado para medir a qualidade do aprendizado nacional e estabelecer metas para a melhoria do ensino. O IDEB funciona como um indicador nacional que possibilita o monitoramento da qualidade da Educação pela população por meio de dados concretos, com o qual a sociedade pode se mobilizar em busca de melhorias. Para tanto, o IDEB é calculado a partir de exames aplicados pelo INEP. Os índices de aprovação são obtidos a partir do Censo Escolar, realizado anualmente.

Quais alunos participam desta avaliação?

Paulene: A avaliação acontece a cada dois anos e avalia alunos do 5º e 9º ano do Ensino Fundamental, portanto, alunos com 10 anos e 14 anos.

Quais as notas foram obtidas por Lagoa da Prata desde a primeira avaliação?

Paulene: Em 2007 foi 4,7. Em 2009 foi 6,6. Em 2011 obteve 6,9. Em 2013 alcançou 6,5. E em 2015, conquistou a maior nota, de 7,5.

Paulene Andrade, secretária municipal de educação de Lagoa da Prata
Paulene Andrade, secretária municipal de educação de Lagoa da Prata

Quais os principais investimentos feitos pelo Município que possibilitaram este resultado?

Paulene: Investimos neste mandato quase 50 milhões de reais em educação, sistema de ensino, construção de escolas, reformas, mobiliário, equipamentos, merenda de qualidade, projetos pedagógicos, educação em tempo integral, formação dos professores, o CEMAE – Centro municipal de atendimento ao Educando, entre outros… Tudo isso contribui para o sucesso na aprendizagem do aluno.

Como este indicador é calculado?

Paulene: O IDEB é calculado a partir de dois componentes: taxa de rendimento escolar (aprovação) e médias de desempenho através da PROVA BRASIL que avalia Lingua Portuguesa e Matemática em um indicador de 0 a 10.

Quais as escolas participantes?

Paulene: Escolas públicas municipais e estaduais com mais de 20 alunos no 5º e 9º ano do Ensino Fundamental.

Os alunos fizeram alguma avaliação? 

Paulene: Sim. A PROVA BRASIL aconteceu em novembro de 2015. Antes da data da avaliação, em agosto, a Secretaria Municipal de Educação realizou a Prova Brasil Premiada do NAME, um simulado que prepara os alunos para a PROVA BRASIL oficial do MEC.  Além de preparar os alunos e os professores para a PROVA BRASIL, este simulado também incentiva a todos os envolvidos com prêmios e medalhas. Neste ano (2016) no dia 14 de agosto já aconteceu novamente o simulado para preparar os alunos que farão a prova em 2017.

Para que serve o IDEB?

Paulene: Com o Ideb, ampliam-se as possibilidades de mobilização da sociedade em favor da educação, uma vez que o índice é comparável nacionalmente e expressa em valores os resultados mais importantes da educação: aprendizagem e fluxo. O IDEB também é importante por ser condutor de política pública em prol da qualidade da educação. É a ferramenta para acompanhamento das metas de qualidade do PDE para a educação básica. O Plano de Desenvolvimento da Educação estabelece como meta que em 2022 o Ideb do Brasil seja 6,0 – média que corresponde a um sistema educacional de qualidade comparável a dos países desenvolvidos.

Secretária recebe uma homenagem durante cerimônia de inauguração da nova escola Afonso Goulart
Secretária recebe uma homenagem durante cerimônia de inauguração da nova escola Afonso Goulart

Como você recebeu este resultado? 

Paulene: A divulgação oficial foi através do portal do INEP. Recebi esta notícia com muito orgulho e alegria. Esse resultado é histórico e coloca Lagoa da Prata no patamar nunca antes atingido pela Educação. Com essa nota, superamos e muito a meta nacional prevista para 2022. Alcançamos a 4ª maior nota do Estado de Minas Gerais, ultrapassando cidades como Belo Horizonte, Itaúna, Divinópolis e Bom Despacho.

Qual a sensação de ver o fruto do seu trabalho e de sua equipe em resultados como esses?

Paulene: Sensação de dever cumprido. É muito gratificante lutar por um sonho e vê-lo se realizar. Agradeço e parabenizo a equipe da SEMED e a todos os educadores por abraçarem junto conosco o ideal de qualidade máxima para a educação. Se todos não se comprometessem, esse resultado brilhante não aconteceria. Afinal, a nossa grande meta é “Melhorar a vida das pessoas através da Educação”.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp