COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

Sétimo no ranking mundial na modalidade trap americano, Roberto Schmits passa conhecimentos sobre o esporte a praticantes do Centro-Oeste mineiro.

 

Continua depois da publicidade.

 

O olhar tem que ser apurado. Minucioso. Ser “certeiro”. O alvo está a 60 metros de distância e chega a quase três metros de altura. Esta é a modalidade do trap americano. O esporte tem ganhado adeptos, e em Lagoa da Prata, no Centro-Oeste mineiro, 24 atiradores foram treinados pelo atirador profissional e medalhista Pan-americano, Roberto Schmits

Conhecido com Schmitão, Roberto pratica o esporte desde os oito anos de idade. Hoje atleta profissional, ele está em sétimo lugar no ranking mundial de Fossa Olímpica, uma modalidade do tiro olímpico. Toda a experiência ele levou para o Clube do Tiro de Lagoa da Prata, onde ministrou um curso para aperfeiçoar a técnica dos alunos.

“Os alunos estão procurando um pouco de experiência. Para mim, é um prazer viajar todo o Brasil para passar um pouco da experiência que eu tive e está dando certo”, disse.

Roberto foi medalha de bronze no Jogos Pan-americanos de 2011, em Guadalajara, e no próximo mês terá um novo desafio no tiro olímpido.

“A equipe brasileira está indo para a Itália. Vamos passar duas semanas treinando e depois vamos para Granada, na Espanha, onde ocorre o campeonato mundial, e estarão em jogo três vagas”, contou, referindo-se à competição programada para ocorrer entre 6 e 20 de setembro na cidade espanhola.

Roberto Schmits ainda afirma que a equipe brasileira está treinando focada nas Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro. Ele acredita que a fase é boa e que a modalidade pode representar um marco na competição.

“Estamos nos preparando para as Olimpíadas do Rio de Janeiro, e que acredito que vai ser uma das melhores fases do tiro esportivo”, finaliza.

O clube do tiro funciona em Lagoa da Prata há três anos. Além dos treinamentos, etapas do Mineiro de Tiro Prático também são sediadas no local. Segundo Breno Perillo, adepto do esporte, quem pratica o esporte precisa de uma licença para adquirir e manusear a arma.

“É necessário fazer um teste psicológico e um teste de tiro prático, ambos credenciados pela Polícia Federal. O praticante também precisa ter certidões negativas junto à Justiça, além de ter uma vistoria do exército na residência para verificar como essa arma será guardada “,detalhou.

 

Fonte: Globo Esporte.

Foto: Sabrina Silva

 

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp