COMPARTILHAR
Philip, 20, é o mais jovem membro a integrar
Continua depois da publicidade .

O lagopratense Philip Rubens foi condecorado com uma medalha internacional pelo destaque na prestação de serviços voluntários ao LEO Clube. A premiação, denominada “LEO of Year” (LEO do Ano), é específica e pessoal e os critérios estabelecidos por Lions Internacional para a indicação são demonstrar qualidades extraordinárias de liderança, ter conseguido um excelente histórico como LEO na implementação de projetos bem sucedidos de prestação de serviços, ter tido contribuição marcante no desenvolvimento e expansão do movimento, ter conseguido distinção nas atividades comunitárias não somente ligadas ao LEO Clube, mas também de outras ações na comunidade, e ter demonstrado altos padrões de ética e integridade.

“A condecoração é um reconhecimento pelo esforço aos trabalhos desempenhados desde quando ingressei no LEO Clube e pelo trabalho dos meus companheiros também. Tive a oportunidade de ser presidente em Lagoa da Prata por duas gestões. Com isso, me foi proporcionado muita experiência e o desenvolvimento da liderança. No último ano tive a oportunidade de ser o presidente distrital, divisão composta por cerca de 20 clubes de Minas Gerais e Distrito Federal”, afirmou o jovem.

Continua depois da publicidade .

Philip destacou que não sabia que seria premiado. “No Lions existem certas divisões, que chamamos de distritos múltiplos, e no país inteiro existem 4 dessas divisões. A nossa divisão é a LB e cada uma dessas regiões têm direito de indicar uma pessoa, por meio de um conselho competente. Essa indicação é levada para a sede internacional do Lions, que fica nos Estados Unidos. Lá, eles analisam as indicações e premiam aqueles que preenchem os requisitos “, frisou.

Há 5 anos no movimento, ele receberá uma medalha de honra e um certificado de serviço, uma manifestação do presidente internacional do Lions parabenizando pelo serviço desempenhado. O anúncio dos LEO’s do ano foi realizado na cidade de Fukuoka, no Japão, durante a última Convenção Internacional.

Filho de Rubens Antônio Pereira e Cláudia Maria Soares Pereira, Philip tem 20 anos e foi o primeiro companheiro LEO de Lagoa da Prata a se tornar membro do Lions, sendo o mais jovem da história do clube, que possui 40 anos no município. “Agradeço primeiramente a Deus e a todos que colaboraram com toda a minha trajetória, a quem me apresentou ao LEO Clube, à comunidade de Lagoa da Prata, aos meus pais, minha família e amigos. Se eu pude executar algum serviço e me destacar por isso é porque eu tive a oportunidade de executar aqui. Tivemos o apoio de muitas empresas, instituições públicas e imprensa. Agradeço a quem serve ao próximo, pois ajudar a comunidade é impagável. O voluntariado não é remunerado não é porque não tem valor e sim porque é impagável. Através desses resultados espero que mais pessoas queiram servir ao próximo, seja dentro do LEO, Lions, ou outros movimentos”.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp