COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

O Hospital Vila da Serra, que fica em Nova Lima, região Metropolitana de Belo Horizonte, isolou um paciente na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por suspeita de contaminação pela superbactéria KPC (microogranismo Klebsielle pneumoniae carbapenemase).

A suspeita sobre a presença da superbactéria surgiu depois que parentes de pacientes internados na UTI fizeram a denúncia. O Vila da Serra confirmou a presença da KPC nessa segunda-feira. Como  medida de proteção, foi determinado o isolamento de boxes onde estão pacientes com mais risco de contaminação.

Continua depois da publicidade.

Sem passar detalhes sobre o paciente, o hospital informou apenas que ele está sendo medicado adequadamente e monitorado pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH). Uma entrevista coletiva está marcada para esta terça-feira.

A superbactéria foi a responsável pela morte de duas pessoas em um hospital de Montes Claros, cidade do Norte de Minas. Os casos foram registrados em janeiro deste ano.

 

O Hospital Municipal de Betim, na Grande BH, também detectou a presença da superbactéria, em janeiro de 2013.  Dez pacientes foram contaminados e foi preciso suspender as internações para conter o surto.

A superbactéria é um microorganismo modificado geneticamente no ambiente hospitalar. Os sintomas são parecidos como os de outras infecções: dores na bexiga, febre e tosse.

 

Fonte: Rádio Itatiaia

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp