COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade .

Dois homicídios registrados nesse final de semana em Lagoa da Prata. O primeiro aconteceu no Bairro Gomes. As motivações do crime podem ter sido por ciúmes. O segundo assassinato aconteceu no Bairro Sol Nascente. Segundo informações da Polícia Militar, O crime aconteceu nessa sexta-feira (12), na Rua Jovelino Maria. A vítima, Ernane da Silva, 47 anos, foi morta a golpes que a polícia desconfia serem de podão.

Uma testemunha ligou para a PM dizendo que foi até a residência da vítima e o encontrou todo ensanguentado, deitado em sua cama. Ele acionou o socorro do Pronto Atendimento Médico de Lagoa da Prata e o homem foi socorrido pela ambulância, porém não resistiu aos ferimentos e morreu ao dar entrada na unidade. O médico de plantão constatou cortes profundos no cotovelo, braços, nuca e pescoço.

Continua depois da publicidade .

A testemunha relatou que a vítima era alcoólatra e que frequentemente fazia uso exagerado de bebidas. Na manhã de sexta-feira, os dois teriam trabalhados juntos durante a manhã, recolhendo materiais recicláveis. Após o almoço, a testemunha foi até a residência de Silva e o encontrou já com os ferimentos. Em levantamento, a PM descobriu que a vítima havia tido uma discussão, dias atrás, com L.X.Z, de 38 anos. A polícia foi até a casa do suspeito e ao ser feita uma busca em sua residência encontrou uma calça jeans com manchas parecidas com sangue. Em conversa com o homem ele disse que o autor do crime seria J.P.P, de 46 anos. A polícia localizou o segundo suspeito que negou a participação no assassinato.

Diante dos fatos os dois receberam voz de prisão e foram levados para a Delegacia de Polícia Civil.

Adriano Santos –TV Cidade, Lagoa da Prata.

Conteúdo exclusivo do portal TV Cidade Lagoa da Prata. A reprodução total ou parcial está expressamente proibida sem a autorização por escrito da produtora, conforme determina a Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610), estando o infrator sujeitos às penalidades impostas pela legislação. É permitida somente a divulgação do teor integral por meio de compartilhamento nas redes sociais.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp