COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.
Procedimentos são feitos com o suporte técnico do aparelho de Hemodinâmica

 

Depois da montagem e instalação, o aparelho de Hemodinâmica, que realizará o cateterismo cardíaco – procedimento de alta complexidade que aprimorará o trabalho das equipes Médica e de Enfermagem, já está sendo usado na Santa Casa de Formiga.

Continua depois da publicidade.

Em julho, a equipe coordenada pelo médico especialista e hemodinamicista Dr. Eduardo Belisário Falchetto, quatro procedimentos cirúrgicos endovasculares já foram realizados no Hospital, como cateterismo e angioplastia, em pacientes de Formiga e região. O método é desenvolvido por meio de um acesso minimamente invasivo, que visa diminuir a morbidade, além de reduzir a possibilidade de inflamação e dor na etapa pós-operatória. No caso do cateterismo, a cirurgia dura, em média, 40 minutos e o paciente recebe alta no mesmo dia. Na angioplastia dos membros superiores, o procedimento dura cerca de uma hora e meia. Após, o paciente segue para a Unidade de Terapia Intensiva – UTI, ficando em observação por até três dias.

Dr. Eduardo explica que o paciente, antes de passar por uma cirurgia desse tipo, é orientado, ainda no consultório, como, por exemplo, sobre quais exames e procedimentos são necessários, antes de entrar para o Centro Cirúrgico.

A sala onde foi instalada a Hemodinâmica fica dentro do Centro Cirúrgico. Segundo o médico, portanto, a mesma é considerada uma Sala Híbrida, local que integra a qualidade da imagem obtida no laboratório de Hemodinâmica, em um ambiente com condições ideais para uma cirurgia convencional, possibilitando a realização de procedimentos diagnósticos e intervencionistas. “No mesmo ato cirúrgico, economiza-se tempo de internação dos pacientes, reduz-se custos e facilita-se o fluxo operacional para a Instituição”, explica.

Além da equipe do Dr. Falchetto, os médicos e cirurgiões Dr. Gil César Paim e Dr. Hélcio Rubens Rezende também realizarão procedimentos cirúrgicos endovasculares, arteriografia e angioplastia dos membros inferiores, por meio da Hemodinâmica e do Arco Cirúrgico.  Os médicos também fazem parte das equipes de hospitais renomados, como Felício Rocho e Madre Tereza, ambos de Belo Horizonte.

Conforme a Administração do Hospital, a princípio, os procedimentos cirúrgicos estão sendo feitos apenas em pacientes que possuem convênios ou particulares. Porém, a Instituição já se organiza para ser cadastrada, junto à Secretaria de Estado e Saúde – SES, para, no futuro próximo, também atender pacientes do Sistema Único de Saúde – SUS.

Conheça os exames e procedimentos invasivos mais comuns realizados na Hemodinâmica

Exames:

  • Cateterismo cardíaco; (Cineangiocoronariografia);
  • Arteriografia em qualquer região do corpo;
  • Flebografias.

Procedimentos:

  • Angioplastia com implante de stent nas artérias coronárias;
  • Angioplastia com implante de stent nas artérias dos membros inferiores;
  • Tratamento endovascular de aneurismas da aorta;
  • Embolização de tumores, aneurismas e malformações vasculares.

Na maior parte dos exames e cirurgias realizadas na Hemodinâmica, os pacientes permanecem entre 24 e 72 horas internados. Em alguns casos, seguem para uma Unidade de Terapia Intensiva, onde permanecem por 24 horas, em observação.

 

Equipamentos adquiridos pela Instituição

O Centro de Imagem da Santa Casa de Formiga também recebeu novos equipamentos, como o Arco Cirúrgico (Arcadis Avantic), que possui flexibilidade avançada, o que o torna útil não somente em centros cirúrgicos, como também em lugares menores. É um aparelho de raios-X móvel, preferido por grande parte dos ortopedistas e cirurgiões vasculares. A máquina agiliza e melhora a qualidade de atendimento médico em três especialidades: Cardiologia, Neurologia e Cirurgia Vascular.

Importado da Alemanha, pela fabricante Siemens, o Tomógrafo Multicanais Siemens modelo Somaton Definition AS64-Slice Configuration realiza tomografia computadorizada de 128 canais. O aparelho é rápido na execução dos exames de tomografia do corpo, dispensando anestesia em tomografias de crânio e em crianças. Além disso, oferece imagens dinâmicas e em alta definição. O equipamento faz a dosagem automática de radiação, usando a quantidade mínima necessária, não expondo o paciente a uma carga radioativa desnecessária.

Atualmente, o Centro de Imagem da Santa Casa possui Tomografia Computadorizada (Somatom Spirit), Raios-X, Ultrassom e aparelho de Ressonância Magnética.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Santa Casa de Formiga

 

 

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp