COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

Educação, inclusão social e geração de renda estão entre os objetivos da Escola Móvel SESI/SENAI. A estrutura ficará montada na Apac de Lagoa da Prata por 22 dias

No dia 27 de setembro a Escola Móvel do Sesi/Senai visitou a Apac de Lagoa da Prata. O Programa foi criado em 2011, por meio de parceria entre duas das instituições do Sistema FIEMG, que transforma a realidade de municípios mineiros com a oferta de cursos gratuitos de formação básica. Além dos recuperandos, a inauguração do curso contou com a  presença do Juiz de Direito Dr. Aloísio Libano, o Promotor Eduardo de Almeida, os representantes do curso Michele, que é instrutora do Senai, e Jairo, que é conselheiro do Sesi, o Defensor público Adriano e o diretor adjunto da Apac Carlos Alberto.

Continua depois da publicidade.

A estrutura itinerante do programa permanecerá por 22 dias na Apac. Na APAC de Lagoa da Prata foram ofertadas 32 vagas para o curso de Confeiteiro Assistente, com carga horária de 60 horas, no período de 27 de setembro a 18 de outubro. O objetivo é preparar os recuperandos para que possam produzir enquanto morando na instituição e que possam, ainda, ter uma capacitação para quando forem reintegrados na sociedade.

Desde a sua implantação, o programa já tem mais de 41 mil alunos formados, com um índice de empregabilidade acima de 80%. Os mais de 366 mil quilômetros percorridos de forma itinerante permitiram atendimento a mais de 310 municípios mineiros.

Ao SESI compete a promoção de programas de responsabilidade social, tornando-se ferramenta indispensável para a efetivação da cidadania; ao SENAI cabe a responsabilidade de gerar e disseminar conhecimentos aplicados, apoiando áreas industriais por meio da formação de recursos humanos e da prestação de serviços. No Programa Escola Móvel, SESI e SENAI oferecem atendimento adequado às diferentes necessidades dos municípios solicitantes. As demandas são originárias das regionais da FIEMG, distribuídas em todo o estado de Minas Gerais.

A flexibilidade da estrutura é o que permite que o complexo de educação profissional percorra as estradas mineiras e amplie o atendimento de municípios.

A geração de renda, seja direta ou indireta, é principal meta do programa. Periodicamente, são feitas pesquisas para mensurar o nível de empregabilidade, avaliando as colocações formais e informais. O empreendedorismo também é estimulado entre os alunos egressos, que recebem orientações para a formalização da atividade, como o cadastro no programa empreendedor individual.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp