COMPARTILHAR
Foto: Ilustração / Google Maps
Continua depois da publicidade.

Além das múltiplas fraturas, a vítima teve hemorragia e não resistiu aos ferimentos

Na madrugada de hoje (18), a Polícia Militar de Lagoa da Prata recebeu informações de que uma mulher estaria caída no chão nas proximidades do cruzamento das ruas Dr. Antenor das Chagas Madeira com Francisco Silveira.

Um viatura foi até ao local, onde os militares depararam com vários curiosos em volta de um corpo da mulher, que apresentava ferimento por todo o crânio, toda ensanguentada, e próximo à ela, tinha uma pedra de tamanho proporcionalmente grande.

Continua depois da publicidade.

Feito contato com o Samu, que compareceu ao local, onde ficou constatado que a vitima já não apresentava mais nenhum sinal vital, vindo a óbito. A mãe da vitima compareceu ao local, identificando-a.

Foi feito o isolamento do local, e com a chegada da perícia ficou constatado que houve um esmagamento do crânio, tendo múltiplas fraturas com uma grande hemorragia, e que a possível causa foi os golpes com a pedra.

Após os trabalhos periciais, o corpo foi liberado para a funerária. Segundo informações de terceiros, eles presenciaram um atrito entre a vitima e um indivíduo. Do atrito passou para agressões mútuas e que foi tudo muito rápido. Quando perceberam a vítima já estava ao chão desfalecida.

Segundo informações da Polícia Militar, está sendo feito rastreamento e levantamentos na tentativa de localizar e prender o autor do crime.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp