COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade .

Uma criança de 11 anos, raptada por um grupo de ciganos na noite do último domingo (26) em Lagoa da Prata, foi resgatada nesta sexta-feira (31) em Itaúna, após investigações das polícias Civil e Militar. A criança estava na rodoviária junto com um casal suspeito do crime. Eles foram presos em flagrante.

Na nossa cultura é comum casar cedo, mas não com 11 anos. Minha filha é nova para isso. Graças a Deus ela foi encontrada

Segundo o pai da menina, André Soares, ela foi raptada para se casar com um cigano. “Na nossa cultura é comum casar cedo, mas não com 11 anos. Minha filha é nova para isso. Graças a Deus ela foi encontrada”, disse.

Continua depois da publicidade .

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), a menina está bem, porém deve passar por exames de corpo delito. Ela permanece no Conselho Tutelar e deve ser levada para a cidade de Araxá, no Alto Paranaíba, onde está acampada com os pais.

O crime
Segundo informações da PM, a avó da criança, que também é cigana, contou que no sábado (25) estava em um posto de combustíveis na entrada da cidade de Lagoa da Prata, quando foi abordada por um homem que ofereceu estadia para ela e os três netos. Ela aceitou o convite, porque conhecia o homem, mas na residência estava outro grupo de ciganos, composto por sete pessoas. Inicialmente, a mulher havia dito para a polícia que o crime tinha acontecido em Bambuí. Ela corrigiu a informação nesta semana.

A avó relatou à PM que por volta das 23h de domingo, dois homens do grupo de ciganos a ameaçaram com um revólver dizendo que levariam a menina para que se casasse com o filho de um deles. “Eles levaram minha filha só para esse casamento. Espero que não tenham feito mal a ela”, finalizou o pai.

 

Fonte: G1

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp