COMPARTILHAR
Antônio Sampaio
Continua depois da publicidade.

Em Lagoa da Prata, SAAE não repassou aumento de custo ao consumidor

A partir de 13 de maio o consumidor de Santo Antônio do Monte pagará 15,04% mais caro em sua conta de água. O reajuste acontecerá em 635 municípios que são atendidos pela Copasa. Atualmente,  Santo Antônio do Monte possui 9.131 ligações de água registradas. O reajuste foi autorizado no dia 10 de abril pela Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais (Arsae-MG).  A mudança valerá para todas as classes de consumo: residencial, comercial, industrial e tarifas públicas.

Continua depois da publicidade.

De acordo com a Arsae, para usuários residenciais com consumo de 10 mil litros de água por mês e serviço de coleta de esgoto, o aumento na conta mensal será de R$ 5,20. O valor passará de R$ 34,67 para R$ 39,87. O percentual é quase o dobro da inflação oficial dos últimos doze meses medida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que foi de 8,13%.

Os gastos com energia pesaram muito. Entraram na conta as bandeiras tarifárias, o reajuste extraordinário da Cemig e esse último, do dia 10 de abril

O fator que mais pesou, segundo a Arsae-MG, foi a conta de luz, responsável por 5,58 pontos percentuais do índice total autorizado. Os gastos da Copasa com a sua conta de luz subiram 62,22% no período. “Os gastos com energia pesaram muito. Entraram na conta as bandeiras tarifárias, o reajuste extraordinário da Cemig e esse último, do dia 10 de abril”, diz o diretor geral da Arsae,  Antônio Caram Filho.

 

SAAE ESTUDA COBRANÇA DE CONSUMO REAL

Antônio Sampaio
Antônio Sampaio

De acordo com o diretor do SAAE de Lagoa da Prata, Antônio de Pádua Lima Sampaio, a política de preços das tarifas praticada pelo Saae difere um pouco dos preços da Copasa. “Esta, por tratar-se de empresa de economia mista, visa ao lucro, o que não acontece com o Saae de Lagoa da Prata. Estamos trabalhando dentro da realidade municipal, para poder continuar praticando um dos menores preços do estado”, afirmou.

Outro ponto citado por Sampaio é que muito desse aumento se justifica a alta na conta de energia elétrica e Lagoa da Prata tem tentando driblar este fato. “A água tem um custo onde se insere, de forma robusta, o custo da energia elétrica, que foi fortemente majorado neste ano, pois depende visceralmente dela. Some-se a isso o custo dos combustíveis, a folha de pagamento, os insumos, material de consumo, produtos químicos, contratação de mão de obra qualificada, consultoria, etc. Mas estamos trabalhando para o que for melhor para o consumidor”, frisou.

O diretor ainda frisou que a forma de cobrança pelo consumo da água em água da Prata poderá ser modificada. “Estamos trabalhando em uma planilha para modificar a forma de cobrança, pelo consumo real de cada unidade. Assim, quem gastar menos e economizar, pagará bem menos, pois pagará pelo que consumir”, enfatizou.

Outro fator que influenciará no custo da água é quanto ao funcionamento da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), pois demandará a contratação de pessoal especializado, energia, material de consumo, produtos químicos etc. “O que poderá ser amenizado se cada consumidor tomar consciência que pode e deve economizar”, afirmou Sampaio.

Opinião do Consumidor de S.A. do Monte (COLOCAR NUM BOX)

José Maria - Aposentado
José Maria – Aposentado

Eu acho um absurdo, porque o salário é muito pouco. Eu, por exemplo, sou um aposentado que só ganha um salário mínimo. Já está caro e difícil de pagar, vai piorar ainda mais. Já faz muito tempo que a Copasa está aqui na cidade, ela deve ter arrecadado muito dinheiro. Para onde vai esse dinheiro? Investimentos a gente não vê. (José Maria)

 

Maria Lúcia - Doméstica
Maria Lúcia – Doméstica

Isso é um roubo, você não pode jogar água na rua porque está faltando água. E eles não investem em outros reservatórios. Desde quando ela está aqui na cidade não vimos investimentos. Esse aumento é um roubo, já aumentaram a conta de luz e agora a conta de água também. Só não aumentam o reservatório de água e o salário. (Maria Lúcia)

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp