COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

Por: Exame

Algumas informações são essenciais para administrar as finanças pessoais, como saber se o seu nome está sujo, o saldo que você tem no FGTS ou quanto a poupança está rendendo em relação a outros investimentos.

Continua depois da publicidade.

Mas, nem sempre é fácil checar essas informações. Algumas delas, inclusive, fariam qualquer expert em Google passar por uma crise de identidade, já que não é nada simples encontrá-las.

Para facilitar sua vida, EXAME.com reuniu alguns sites que permitem fazer consultas gratuitas a dados importantíssimos para sua gestão financeira pessoal. São links que mostram desde os preços dos carros no mercado, até quanto custaria financiar um imóvel. Confira a seguir.

1) Saldo do FGTS  

A consulta ao saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), aos depósitos feitos pelo empregador e a atualização de endereço para receber os extratos do FGTS em casa podem ser feitar pelo site da Caixa.

Ao acessar a página dedicada às consultas do FGTS, basta informar o número do PIS/PASEP que consta na sua carteira de trabalho e uma senha, que pode ser cadastrada na hora. Em seguida é só digitar o código de confirmação enviado por e-mail e você verá uma tela com todas as informações referentes ao seu fundo de garantia.

2) Rendimento da poupança

Apesar de ser o investimento preferido do brasileiro, nem todos sabem como a caderneta de poupança funciona ou quanto ela rende exatamente.

Para aqueles que fazem alguma confusão, o Banco Central disponibiliza uma ferramenta que mostra exatamente qual foi o rendimento da poupança em um determinado período passado, a Calculadora do Cidadão.

Para fazer a sua consulta, basta acessar a página da Calculadora no site do BC e informar os dados solicitados: data inicial da aplicação, data final, valor a ser corrigido (quanto você investiu) e regra de correção (poupança nova ou antiga).

3) Rendimento de títulos públicos, debêntures e aplicações indexadas à taxa DI

A Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos Privados (Cetip) disponibiliza para consulta gratuita três calculadoras que mostram o rendimento dos investimentos atrelados à taxa DI, dos títulos públicos e das debêntures, títulos de dívidas de empresas.

As consultas são feitas pela ferramenta Applica Cetip, que pode ser acessada pelo computador ou pelos aplicativos para Android e iOS.

Aplicações como Certificados de Depósito Bancários (CDBs), Letras de Crédito Imobiliário (LCIs) e fundos DI são alguns dos exemplos de investimentos de renda fixa que têm seu rendimento atrelado à taxa DI (veja como é formada a taxa).

A remuneração dos CDBs, por exemplo, costuma ser um percentual da taxa DI. Assim, ao fazer a consulta na ferramenta, além de informar a data de realização do investimento e a data de resgate, o usuário informa o percentual de remuneração da taxa DI para obter o retorno final da aplicação.

Já para obter as informações sobre o rendimento dasdebêntures e dos títulos públicos, o usuário informa exatamente o papel que deseja pesquisar, como LFT 03/2017, que seria a Letra Financeira do Tesouro com vencimento em 2017, ou VALE18, que é a debênture da Vale.

O aplicativo disponibiliza também a atualização em tempo real de alguns dos principais indicadores macroeconômicos, como a cotação do dólar (PTAX), a taxa Selic e o IPCA.

4) Preços de veículos

Foi-se o tempo em que era necessário ir até as concessionárias para comparar os preços de diferentes modelos de carros. Hoje existem tabelas disponíveis para consulta gratuita na internet que mostram os preços da maioria dos veículos à venda no mercado.

A Tabela Fipe é a mais completa. Ela expressa os preços médios dos carros a partir de pesquisas de mercado realizadas pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Ela é usada como base de cálculo do IPVA e como parâmetro para definição do valor pago em indenizações de seguros.

Outra tabela que mostra os preços médios dos carros no mercado é a Molicar, disponível para acesso em EXAME.com. A ferramenta possui uma aba para consulta de veículos blindados e mostra se o carro é básico ou completo, em termos de acessórios.

Link para a consulta da Tabela Fipe

Link para a consulta da Tabela Molicar
5) Nome sujo

A consulta gratuita de nome sujo é disponibilizada pela Boa Vista Serviços. Ao fazer a busca, o consumidor verifica se possui dívidas registradas no Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC), cadastro de inadimplência administrado pela Boa Vista.

Para fazer a consulta, basta entrar no Portal Boa Vista Consumidor Positivo e clicar em “consulta de débito”. Quem não é cadastrado deve fazer a inscrição e depois digitar o e-mail e a senha. Em seguida, o site informa se consta algum registo no SCPC.

Se houver, é possível checar os detalhes sobre os débitos e identificar em qual empresa consta a pendência.

O SCPC é um dos maiores cadastros de inadimplência do país, mas além dele existem outros bancos de dados que servem como referência para empresas que desejam consultar a situação do CPF de potenciais clientes, como o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), que é o sistema de informações das Câmaras de Dirigentes Lojistas (CDLs) e o Serasa, que pertence à Serasa Experian.

6) Quanto custa financiar um imóvel

Os financiamentos de imóveis incluem não só a cobrança de juros, como seguros obrigatórios e outros encargos que tornam complexa a simulação do custo final da operação e o valor das parcelas.

O site Canal do Crédito soluciona facilita esse tipo de cálculo ao mostrar os financiamentos mais baratos do mercado e os custos das operações.

Para realizar a consulta, o usuário precisa apenas informar o valor do imóvel desejado, o percentual de entrada, idade, renda familiar, prazo do financiamento, estado e cidade. O acesso é gratuito.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp