COMPARTILHAR
O Brasil ocupa o 8º no mundo em registros de suicídio
Continua depois da publicidade .

O Centro de Atenção Psicossocial (Caps) realizou no dia 17 de maio, no Auditório Hilde Schimitd, o primeiro seminário com o tema “Suicídio: vamos falar sobre isso?”.

O evento foi destinado aos pais, professores, profissionais da saúde e estudantes. De acordo com a psicóloga Eliana Delfino, o encontro aconteceu por meio de uma mesa redonda, que teve como objetivo desmitificar o tabu e o preconceito sobre o tema, e também oferecer recursos aos pais, professores e profissionais de saúde para identificarem sinais e buscarem ajuda profissional quando necessário.

Continua depois da publicidade .

A mesa foi composta por profissionais do Centro de Atenção Psicossocial – CAPS (Eliana Maria Delfino e Sally Garcia de Lima, psicólogas) e do Centro Municipal da Adolescência e Infância – CEMAI (Denise Moreira, psicóloga). “O suicídio está presente na história da humanidade, em todas as culturas, e tem   causas multifatoriais, que foram abordadas, como também a prevenção, a identificação de fatores de risco. Apresentamos o suicídio como questão de saúde pública. O Brasil ocupa o oitavo lugar no mundo em números absoluto de suicídio e é a terceira causa de morte entre os jovens”, destacou Eliana.

O evento faz parte da programação do Dia Nacional da Luta Antimanicomial, marco da defesa por serviços abertos e pela humanização do tratamento na Saúde Mental.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp