COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.
Voleimania existe há sete anos e visa massificar o esporte dentro do município. Torneio de inclusão associado ao projeto é realizado neste fim de semana.

 

Divulgar o esporte e tirar crianças das ruas. Essa é a ideia de Gebert Delfino, um dos participantes do projeto Voleimania, desenvolvido em Bom Despacho há sete anos. Para ajudar na divulgação do trabalho e encontrar novas caras para participar do projeto, ele organiza neste sábado, no Poliesportivo do Ipê Campestre Clube, o 1º Festival Mirim Voleimania, que irá reunir jovens de várias idades.

Continua depois da publicidade.

De acordo com Gebert, a ação visa massificar o esporte e afastar os adolescentes das ruas. Ele também destacou a mudança de foco do torneio.

O projeto Voleimania consiste em levar o voleibol para crianças e adolescentes do município para tentar resgatar os jovens do mundo das drogas. Esse torneio já existia, mas com outro nome e voltado apenas para competição. Agora o objetivo é a inclusão

“O projeto Voleimania consiste em levar o voleibol para crianças e adolescentes do município para tentar resgatar os jovens do mundo das drogas. Esse torneio já existia, mas com outro nome e voltado apenas para competição. Agora o objetivo é a inclusão”, explicou.

A ação social existe há sete anos. Treinamentos semanais são realizados com mais de 100 crianças com idades entre 9 e 15 anos, que aprendem os fundamentos do esporte e competem em eventos regionais. Todos os treinamentos são realizados na Escola Estadual Miguel Gontijo.

No evento deste sábado, a expectativa é de que cerca de 400 pessoas compareçam, entre torcida e jogadores. Segundo Gebert, o diferencial da competição, é que não existem perdedores.

Temos equipes preparadas, mas vamos dar bagagem de jogo para todos. Em todos os sets disputados, vamos misturar os jogadores para que todos participem. Ninguém ficará sem jogar. Além deste ponto, todos serão considerados campeões por estarem fazendo parte deste projeto e receberão um mérito participativo

“Temos equipes preparadas, mas vamos dar bagagem de jogo para todos. Em todos os sets disputados, vamos misturar os jogadores para que todos participem. Ninguém ficará sem jogar. Além deste ponto, todos serão considerados campeões por estarem fazendo parte deste projeto e receberão um mérito participativo”, afirmou.

Interessados em fazer do projeto podem entrar em contato pelos telefones (37) 3521-4214 ou (37) 9948-98166. As inscrições são gratuitas.

 

Fonte: Globo Esporte.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp