COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

Campeão da fase microrregional, Luís Gustavo foge de adjetivos e incentiva a prática do esporte. Próximo desafio é de 7 a 12 de junho, na etapa regional

 

Normalmente os adeptos à prática do xadrez são classificados como pessoas inteligentes ou até mesmo gênios devido ao uso do raciocínio lógico, da paciência e das estratégias exigidas. Acostumado a escutar esse tipo de comparação, Luís Gustavo Lopes Costa, representante de Bom Despacho nos Jogos Escolares de Minas Gerais (Jemg) 2014 e atual campeão da etapa microrregional, foge dos adjetivos e incentiva a ideia de que a modalidade pode ser praticada por qualquer um.

Continua depois da publicidade.

 

O xadrez é um esporte que pode ser praticado por qualquer um, não importa classe social ou tipo físico. Além de ajudar no foco, disciplina e concentração. Por essas e por outras que me apaixonei pelo xadrez

” O xadrez é um esporte que pode ser praticado por qualquer um, não importa classe social ou tipo físico. Além de ajudar no foco, disciplina e concentração. Por essas e por outras que me apaixonei pelo xadrez” – comentou o jovem enxadrista.

O estudante, que hoje tem 16 anos, começou a praticar o esporte aos 5 anos quando conheceu o tabuleiro na escola que frequentava.

“Fui apresentado ao xadrez ainda cedo. Sabia lidar com as peças e onde colocá-las na hora certa e em tempo hábil. E esse é o grande desafio do esporte” – contou.

Orgulhosa, a mãe do jovem enxadrista, Silvia de Oliveira Costa Lopes, conta que Luís sempre se destacou na matemática. Mas foi depois de se adaptar à escola atual que os resultados vieram.

“Luís sempre foi muito tímido, chegou a praticar vôlei, mas foi no xadrez que ele vem de destacando e alçando voos mais altos. É gratificante vê-lo assim, feliz, este é o esporte dele” – exclamou a mãe do atleta.

O jovem bomdespachense foi medalha de bronze na etapa microrregional do JEMG2013. Desde então, vem treinando para sair melhor no campeonato deste ano. Dedicação que deu certo. Durante a etapa microrregional do JEMG, ele foi medalha de ouro. Agora, se prepara para a etapa regional, realizada de 7 a 12 de junho, em Arcos.

Para o professor de educação física, Luís Flávio, o aluno é destaque na escola e treina pesado para se dar bem.

“Ele é muito competitivo. Em 2013, ele não ficou satisfeito com os seus resultados. Por isso, foi em busca de este ano e deu certo. É um ótimo aluno e creio que se dará bem no esporte e na próxima fase dos Jogos Escolares “– afirmou o professor.

O único problema do mineiro para se destacar ainda mais é a falta de pessoas para treinar e melhorar seu rendimento. Em casa ele pratica com o computador, na escola com um professor de matemática. Mesmo assim, ele garante que está se dedicando muito e que quer trazer mais um ouro para Bom Despacho.

 

Fonte: Globo Esporte 

 

 

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp