COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

A vítima foi ferida com golpes de canivete, na tarde de sábado, 15, após se envolver em uma briga de bar. O suspeito de cometer o crime está solto

Arcos registrou no último final de semana o primeiro homicídio do ano. A vítima é Marcos Roberto Rodrigues da Silva Oliveira, de 30 anos, natural de Juazeiro/BA, que morreu no último domingo 91/03), após ser internado com ferimentos causados por um canivete. Ele foi socorrido por populares e por um condutor que passava pela rua Campo Belo, no bairro Calcita.

A equipe de socorro do Hospital Municipal São José foi acionada, mas não apareceu, de acordo com informações de vizinhos do local. O secretário de Saúde, Antônio Carlos de Souza se manifestou sobre o fato na página Política Arcos, na rede social Facebook.

Continua depois da publicidade.

Marcos Oliveira foi levado para o Pronto Atendimento na traseira de uma caminhonete e atendido pelo médico plantonista, Luiz Henrique Messias. De acordo com informações do médico, a vítima chegou ao P. A. com perfurações no tórax e na coxa, teve o quadro estabilizado, e foi transferido para o Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, onde faleceu, no domingo, 16.

O suspeito de cometer o crime, um homem de 41 anos, foi detido pela Polícia Militar, encaminhado para a Delegacia de Formiga de plantão e liberado em seguida.

Demora no socorro

Na tarde de sábado (15/03), a Polícia Militar recebeu diversos pedidos de socorro para providenciar atendimento para a vítima. A reportagem do Portal Arcos também foi acionada por uma mulher que dizia que Marcos Oliveira estava sangrando na rua, à espera de socorro, por aproximadamente meia hora. Segundo a mulher que ligou para a reportagem, os vizinhos estavam apavorados com a violência e revoltados com a demora da ambulância.

Após manifestações dos moradores do bairro Calcita sobre uma possível demora na prestação de primeiros socorros à vítima, o secretário de Saúde Antônio Carlos Sousa, resolveu falar sobre o caso na rede social Facebook, na página do grupo Política Arcos.

Segundo o secretário, a ambulância estava sendo usada em outro atendimento, por isso teria demorado a chegar ao local.

O secretário também aproveitou o espaço para responder críticas de alguns internautas ao Governo do Prefeito Roberto Alves.

Leia na íntegra a nota publicada pelo secretário de Saúde, no sábado, quando a vítima ainda estava internada em BH:

“COMO TUDO ACONTECEU: Hoje (15/03), pouco depois das 17h a equipe foi acionada para socorrer uma senhora de 82 anos com uma crise de hipertensão (18 x 12). Quando a equipe acomodou aquela senhora na ambulância (ainda na Vila Boa Vista) recebemos outra chamada para resgate (no Bairro Calcita). Logicamente, a ambulância deveria levar aquela senhora até o P.A.Municipal para o devido atendimento e só depois seguir imediatamente para o outro chamado. E assim o fez…

Coincidentemente no momento que ambulância se dirigia para o P.A., um médico passava no local da 2ª chamada (no Bairro Calcita) e prontamente colocou o paciente no veículo e seguiu para o P.A. Atitude nobre, digna de reconhecimento, diferentemente de pessoas locais que estavam mais preocupadas em filmar o acontecido do que socorrer a vítima.

Quando ambulância chegou ao local, a vítima já tinha sido levada e algumas pessoas usaram de tom agressivo dizendo que houve demora e que deveriam quebrar a ambulância. O que aquele médico fez, qualquer pessoa poderia tê-lo feito. Mas não sei por que, é mais fácil ver tudo que está acontecendo sem fazer nada e culpar o município pelo ocorrido. Como se a culpa de tudo não fosse de quem deu a facada, e sim, do município…

Para acabar com especulações: O paciente chegou chocado no P.A. e com o socorro imediato e intenso de 2 médicos (Dr. João Henrique e Dr. Luis Henrique) e toda equipe de Enfermagem, conseguiram estabilizar o paciente e encaminhá-lo rapidamente para o Hospital João XXIII em BH. Embora o caso seja grave(com 1 facada na coxa e outra no tórax com perfuração de pulmão) o paciente não corre risco de vida, graças a Deus e à ação rápida da equipe do P.A. Municipal…

Lamentável 1: Com tanta gente que se vê no vídeo e ninguém fez nada senão filmar…

Lamentável 2: Sabemos que isso não vai acontecer aqui no Facebook (e nem em lugar algum), mas algumas pessoas deveriam se retratar e no mínimo, pedir desculpas para uma equipe tão compromissada em socorrer ao próximo.

Lamentável 3: No último mês em Arcos aconteceram 19 Pré-Conferências de Saúde seguidas da IV Conferencia Municipal de Saúde(12/03). Curiosamente não vi qualquer comentário sobre o assunto aqui no ‘Política Arcos’. Mas quando o assunto é uma facada(ou …

Lamentável 4: Para os que insistem em criticar a “Mudança de Verdade”, para aqueles(sempre os mesmos) que sempre dizem: “… o prefeito é médico e deveria olhar por isso ou aquilo…”, “… Cadê o prefeito?” e outras coisas do tipo, saibam que isso não é uma questão política, muito menos politiqueira. É uma questão de respeito. E respeito por uma equipe que trabalha 24hs para socorrer vítimas”.

 

Fonte: Portal Arcos

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp