COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

Cálculos biliares são depósitos duros como cristais de rocha que se formam dentro da vesícula biliar. Os cálculos biliares podem ser pequenos como um grão de areia ou grandes.

Causas

Continua depois da publicidade.

A causa dos cálculos biliares varia. Existem dois tipos principais de cálculos biliares:

  • Pedras compostas de colesterol. Os cálculos biliares compostos de colesterol são sem dúvida o tipo mais comum. Os cálculos biliares de colesterol não têm nenhuma relação com os níveis de colesterol no sangue.
  • As pedras são feitas de excesso de bilirrubina na bile. A bile é um líquido produzido no fígado que ajuda o corpo a digerir gorduras. A bile é composta de água, colesterol, sais de bile e outros produtos químicos, como a bilirrubina. Essas pedras são chamadas pedras de pigmentos biliares.

Os cálculos biliares são mais comuns em mulheres, índios americanos e outros grupos étnicos, bem como em pessoas com mais de 40 anos. Os cálculos biliares também podem ocorrer de forma hereditária.

Os seguintes fatores também propiciam o desenvolvimento de cálculos biliares:

  • Deficiência da vesícula biliar em esvaziar a bile apropriadamente (isso é mais provável de ocorrer durante a gravidez);
  • Condições médicas que levam o fígado a produzir bilirrubina em excesso, como anemia hemolítica crônica, inclusive  anemia de célula;
  •  Cirrose hepática  e infecções no trato biliar (pedras pigmentadas);
  • Diabetes;
  • Transplante de medula óssea ou órgão sólido;
  • Perda rápida de peso, especialmente ingerindo uma dieta com poucas calorias;
  • Receber nutrição através de veia por um longo período de tempo (alimentações intravenosas).

Sintomas de Cálculo biliar

Várias pessoas com cálculos biliares nunca tiveram nenhum sintoma. Os cálculos biliares são frequentemente descobertos quando se faz um raio X de rotina, uma cirurgia abdominal ou outro procedimento médico.

No entanto, se uma pedra grande bloquear o duto cístico ou o duto de bile comum (chamado coledocolitíase), você pode ter uma dor como a cólica no meio do abdômen superior direito. Isso é conhecido como cólica biliar. A dor passa se a pedra passar para a primeira parte do intestino delgado (o duodeno).

Os sintomas que podem ocorrer abrangem:

  • Pode passar e voltar;
  • Pode ser aguda, provocar cólicas ou ser entorpecente;
  • Pode se disseminar para as costas ou abaixo da omoplata direita;
  • Ocorre poucos minutos após a refeição;
  • Febre;
  • Amarelamento da pele e da parte branca do olhos (icterícia).

Outros sintomas que podem ocorrer com essa doença incluem:

  • Inchaço abdominal;
  • Fezes com cor de argila;
  • Náusea e vômitos.

 

Alessandro Carvalho de Sousa Terapeuta Homeopata CNT 31055/MG

 

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp