COMPARTILHAR
Delegacia de Lagoa da Prata
Continua depois da publicidade.

A Polícia Militar de Lagoa da Prata capturou duas pessoas após elas roubarem um posto de gasolina na cidade.  O crime aconteceu na noite de sexta-feira (22). O  Grupo Especializado em Prevenção Motorizada Ostensiva Rápido (GEPMOR) recebeu a informação por um militar, que estava de folga.

12583805_937672889649797_1045978923_nEm entrevista ao repórter Luiz Francisco, da rádio Vereda FM, o cabo Amilton falou sobre o ocorrido. “Estávamos compondo a equipe de GEPMOR  durante uma batida policial, e recebemos solicitação da sala de operações e de um Militar de folga que se deparou com esse assalto em andamento. Através das informações que obtivemos conseguimos interceptar a ação dos indivíduos que estavam em uma moto. Os autores ao visualizarem as motos da polícia e empreenderam fuga. Iniciamos uma intensa perseguição, em dado momento, o garupa saltou da motocicleta e com a arma em punho. E com o risco de sermos alvejados por um disparo de arma de fogo, atiramos contra o autor também. Após os disparos o autor desistiu da fuga, se entregou, com ele estavam  a  arma usada no assalto e o dinheiro que foi roubado no posto, o rapaz não se feriu”, disse.

Continua depois da publicidade.

Um dos autores, que é menor, se feriu na fuga e aguarda cirurgia. “Em continuidade a esse trabalho, um dos Militares continuou a perseguição e conseguiu capturar o outro autor que pilotava a motocicleta. Esse também saltou da motocicleta e efetuou um disparo contra o policial que revidou. Na fuga o rapaz pulou alguns muros e em dado momento caiu e quebrou uma das pernas. Foi encontrado no local onde ele caiu um revólver calibre 22. O condutor da motocicleta era menor, mas não foi apreendido por causa da gravidade da fratura que sofreu na perna, ele teve que passar por cirurgia. O maior continua preso e vai permanecer por um bom tempo na cadeia. Porque ele é reincidente no crime e estava em condicional após sair da cadeia a pouco mais de 2 meses”, contou o policial.

Amilton destaca a importância da participação da população no combate a criminalidade. “As informações repassadas à Polícia Militar foram cruciais para o desfecho exitoso dessa operação, precisamos de mais pessoas assim. Que observem e denunciem no momento que está ocorrendo, porque um minuto para gente interceptar e impedir um crime é primordial”, enfatizou.

De acordo com informações da Polícia Militar, foram apreendidos 2 revólveres,  alguns pinos vazios (que são utilizados para armazenar cocaína), uma grande quantidade de maconha, munição calibre 38 e produtos para embalagem da droga.

Após os fatos, os militares se deslocaram até a cidade de Bom Despacho para encerrar as ocorrências.

A investigação

Delegado de Polícia Civil, Leonardo Mota.
Delegado de Polícia Civil, Leonardo Mota.

Um inquérito foi aberto para apurar o crime. “Requisitei junto ao presídio a apresentação de um dos autores, considerando que o outro autor encontra-se internado para a realização de cirurgia. Este irá trazer informações no que pertine à prática do roubo, fuga, a droga que foi localizada, a arma de fogo; para fins de enriquecer o conjunto probatório do inquérito do nosso investigado. Não descartamos a possibilidade de participação dos dois em outros roubos na cidade. Inclusive, temos apurado outro crime com a participação do menor. Considerando a identificação deles, enquanto autores, desse roubo, certamente, serão investigados em decorrência de outros roubos na cidade. Tivemos vários crimes contra postos de gasolina, transeuntes, e a depender dos modus operandi (modo de operação), características dos autores a serem fornecidas pelas vítima, vamos tentar chegar às autorias e se for o caso, ligar os dois a esses crimes”, afirmou o delegado Leonardo Mota em entrevista à rádio Veredas FM.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp