COMPARTILHAR
Fotos: Arquivo pessoal
Continua depois da publicidade .

Bodas de Prata no mês do Carnaval

Os pagodeiros do Mistura de Samba irão comemorar na semana que vem (dia 16) Bodas de Prata. A história destes 25 anos de formação começa na antiga Vila Luciânia, onde seis amigos, que tocavam de forma amadora, resolveram se unir para fazerem apresentações.

São quatro integrantes, porém, apenas um deles é dos fundadores, sendo a formação atual com os músicos: Max Wanderlei, Fred Dionathas, Glauber Felício e Ivailson Ribeiro. Além dos vários shows que realizam na cidade, o destaque deles chega às cidades vizinhas: “Aos domingos tocávamos na Praia e fazíamos uma roda de samba. Aquilo foi crescendo, dava muito movimento. Então, começamos a ser chamados para fazer shows em barzinhos e a tocar profissionalmente. Hoje, apresentamos em grandes empresas e clubes conhecidos na cidade e em outros municípios. Além disso, ao profissionalizarmos, adquirimos instrumentos e levamos para o público letras de todos os estilos musicais transformadas em samba”, disse Max.

Continua depois da publicidade .

Ele conta que o Mistura de Samba já cedeu entrevista para canais de televisão como Alterosa e Rede Globo, e este grupo recebe apoio das empresas Pharlab e Farmel, e do grande comunicador Adelmo Lopes. “Somos extremamente agradecidos aos nossos patrocinadores, que acreditam em nosso trabalho. Sem o apoio deles não conseguiríamos chegar aonde chegamos e, por isso, achamos tão importante que cada vez mais empresas e até o próprio município invistam mais nos artistas locais. Quando se investe em alguém que tem um sonho, a chance de ele ir para caminhos errados é muito menor. Precisamos adquirir a cultura de prevenir e incentivar hábitos saudáveis.”

Para os quatro músicos, chegar aos 25 anos de carreira é um grande motivo de comemoração: “É uma alegria imensa olhar para trás e vermos tudo o que passamos e conquistamos. Ser músico não é nada fácil. A gente, muitas vezes, deixa de curtir momentos com a família, passa apertos financeiros, mas é um sonho que, graças a Deus, estamos construindo com honestidade e amor pelo que fazemos. E só vamos parar quando Deus quiser”, avisa Dionathas.

Além de cantar músicas de artistas conhecidos, Dionathas diz que o grupo também tem suas próprias composições. “Hoje temos mais de 17 faixas e pretendemos lançar muito mais. Sempre buscamos fazer letras mais familiares, que tenham verdadeiro sentido e que, principalmente, não denigram a imagem da mulher”. Recentemente o Mistura de Samba lançou uma música em homenagem à Lagoa da Prata. A letra fala que o município possui muitas mulheres bonitas, é um lugar onde as pessoas sentem alegria de viver, e que aqui se encontra bons amigos.

Para contratar o show do Mistura do Samba ou patrocinar o grupo ligue: 37 9 9953-8352 (Vivo/Whatsapp) ou na página do facebook Grupo Mistura de Samba.

AGENDA DE CARNAVAL

10 de fevereiro: Bar Velho Chico

11 de fevereiro: Carnaval no Umuarama

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp