COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

Evento realizado pela ACE/CDL foi sucesso de público, de apoio das empresas e transferência de conhecimento aos participantes

A Inflação, aumento do desemprego, diminuição do poder de compra das pessoas e, principalmente, falta de confiança. Os sintomas da crise política e econômica que assolam o país atingem, de uma forma ou de outra, todas as classes. Neste cenário, os brasileiros são bombardeados diariamente com informações sobre desvios de recursos públicos e corrupção que acentuam a ausência de esperança e perspectivas negativas. Se levarmos em consideração apenas o discurso dos grandes meios de comunicação, parece não haver soluções. Mas há uma luz no fim do túnel.

Continua depois da publicidade.

Com a realização do 10º Encontro Empresarial, a ACE/CDL de Lagoa da Prata mostrou que, se não podemos solucionar os problemas da economia do país, é possível empreender, criar e alavancar o comércio e as indústrias locais. Com o tema “Garra e Superação para Vencer, a organização do evento selecionou, cuidadosamente, as palestras que foram ministradas aos participantes, com foco em novas estratégias de negócio e comportamentos essenciais para que cada um possa fazer a diferença em seus empreendimentos. O evento chegou à sua 10ª edição superando todas as expectativas de recorde de público, apoio e participação de grandes empresas, palestrantes de alto nível, transferência de conhecimento e organização.

LANÇAMENTO

O evento de abertura do 10º Encontro Empresarial foi uma palestra ministrada pelo economista, professor e escritor Carlos Caixeta no dia 31 de março. Ele mostrou aos empresários participantes quais as estratégias devem ser adotadas para melhorar as vendas de qualquer empreendimento. “O que tenho apresentado é que tenham austeridade, disciplina e clareza nos diferenciais competitivos de suas empresas. É preciso ter uma atenção especial na contratação de colaboradores, na infraestrutura, tecnologia e estratégia. O empresário tem que saber onde ele está, aonde quer chegar e como vai chegar. Não adianta ficar sentado reclamando da vida e da crise”, disse Caixeta.

O palestrante ressaltou que num cenário de retração econômica, a

Carlos Caixeta: “Uma coisa que me chamou a atenção em Lagoa da Prata é a união das pessoas. Os empresários são unidos e comprometidos. Todos se apoiam mutuamente. Isso é um exemplo a ser seguido”.
Carlos Caixeta: “Uma coisa que me chamou
a atenção em Lagoa da Prata é a união
das pessoas. Os empresários são unidos e
comprometidos. Todos se apoiam mutuamente.
Isso é um exemplo a ser seguido”.

comunicação com o cliente se torna ainda mais importante. “É preciso um esforço a mais para posicionar a marca perante o mercado e o cliente. A comunicação é um caminho de mão dupla. Se você não se comunica com o seu cliente, não adianta reclamar que ele não vai à sua loja. A comunicação gera proximidade. E a proximidade vai dar ao cliente a oportunidade de tomar decisões”, disse.

Para Carlos Caixeta, a iniciativa da ACE/CDL em promover o Encontro Empresarial oferece aos empresários uma discussão profissional que dê a ele alternativas para os seus negócios. “Uma coisa que me chamou a atenção em Lagoa da Prata é a união das pessoas. Os empresários são unidos e comprometidos. Todos se apoiam mutuamente. Isso é um exemplo a ser seguido. Quero crer que todos os municípios e associações se inspirem e sigam este modelo, pois ficar sentado e reclamando não muda a realidade. O que muda é a atitude e a ação”, finaliza.

A ARTE DE SER LEVE

A jornalista Leila Ferreira mostrou aos participantes da primeira noite do 10º Encontro Empresarial, dia 12 de abril, a importância de se cultivar a leveza e a valorização das coisas simples para enfrentar as adversidades do cotidiano. Em uma agradável conversa, tipicamente mineira, a palestrante fez uma reflexão sobre o peso que a vida moderna impõe a todas as pessoas em uma sociedade de consumo e como simples atitudes, como gentileza, bom humor, respeito e generosidade podem ter uma influência na qualidade de vida. “Nosso dia a dia está cada vez mais estressante e mais pesado. As pessoas estão muito preocupadas em emagrecer o corpo, mas as almas
estão engordando assustadoramente. Estamos todos muito nervosos, ansiosos, impacientes. Então eu falo muito sobre possibilidades para diminuir o peso do cotidiano, principalmente, diminuindo o nosso próprio peso interior. É tudo muito óbvio, mas é justamente no óbvio que a gente vem derrapando”, disse a jornalista em entrevista ao Jornal Cidade.

Ferreira também falou sobre a receptividade do público e a iniciativa da ACE/CDL. “A gente sente que há o envolvimento da cidade. Eu viajo por esse Brasil inteiro fazendo palestras e é muito bom quando você chega a um lugar e vê que as pessoas estão realmente interessadas em refletir, em aprender, em se desenvolver e desenvolver a cidade. Eu fiquei impressionada com a receptividade e com o carinho das pessoas com o evento. A ACE/CDL e todos os envolvidos estão de parabéns, pois essas iniciativas, quando são de fato abraçadas pela cidade, fazem a diferença”, finalizou.

 “Eu viajo por esse Brasil inteiro fazendo palestras e é muito
leilabom quando você chega a um lugar e vê que as pessoas estão realmente interessadas em refletir, em aprender, em se desenvolver e desenvolver a cidade” – Leila Ferreira.

 

 

 

“Quem possui um negócio não pode ignorar o mercado renatoeletrônico. O mercado digital oferece um arsenal de ferramentas que pode ser muito útil nesse momento de crise”. – Renato Mendes.

 

 

“Todos nós temos habilidades. E esse tipo de evento nos desperta davida desenvolver as melhores habilidades de cada um. Lagoa da Prata está de parabéns”. – David César.

 

 

 

“Não existem sonhos irrealizáveis. Alguns são mais difíceis, o

flavioque significa que você pode cair mais vezes. Mas se você estiver disposto a se levantar, conseguirá chegar aonde quer”. – Flávio Canto.

 

 

 

ATITUDE POSITIVA E OPORTUNIDADE NA INTERNET

Os participantes da segunda noite do Encontro Empresarial tiveram a oportunidade de assistir a duas palestras diferentes, cujos conteúdos podem ser aplicados no dia a dia das empresas e na vida pessoal.

O executivo da Netshoes, maior loja eletrônica de artigos esportivos do mundo, Renato Mendes, mostrou como a estratégia focada nas necessidades dos clientes pode alavancar o negócio. A empresa nasceu em 2000 como uma lojinha de calçados no Centro da cidade de São Paulo e, cinco anos depois, os proprietários decidiram fechar as oito lojas físicas e dedicar somente ao e-commerce. O faturamento da Netshoes ultrapassou a marca de R$ 1 bilhão anual em 2015. “Quem possui um negócio não pode ignorar o mercado eletrônico. O mercado digital oferece um arsenal de ferramentas que pode ser muito útil nesse momento de crise. Quando você vai fazer uma compra na internet, é possível comparar preços numa fração de segundos. O seu dinheiro vale mais quando você consegue usar a interne a seu favor”, disse Mendes.

O executivo elogiou a organização do Encontro Empresarial. “Eventos como esse são fundamentais para fomentar o surgimento de novos negócios e também oferecer melhores práticas para negócios já estabelecidos. Essas iniciativas são incríveis e deve ser parabenizada e elogiada por todo o Brasil”, concluiu Mendes em entrevista ao Jornal Cidade.

A segunda palestra da noite foi com o belo-horizontino David César, de 25 anos, que nasceu com a síndrome de Hanhart, deficiência genética rara que acarreta a falta de membros superiores e inferiores. Ele falou que cada pessoa possui as suas dificuldades e limitações, e a superação se faz necessária para conquistar os seus objetivos.

David consegue caminhar com apenas parte das pernas, mas também se locomove com a ajuda de uma cadeira de rodas motorizada. Ele estuda, trabalha, bate uma bolinha de vez em quando e pratica atividade física. O jovem acrescenta que foi necessário desenvolver suas habilidades com repetição e treinamento para ter autonomia. “As pessoas falam sobre a crise momentânea do país. Eu vivo uma crise diária. O importante é como eu reajo a essa minha crise interna. A qualquer momento, uma dificuldade emocional ou uma depressão podem vir devido à minha realidade física. Acho que essa vontade de mostrar que eu tenho capacidade, que tenho as minhas próprias habilidades, com a minha vontade de viver, eu me insiro no mundo, mostro que crise dentro de mim não existe. O que existe é uma vida de um jeito mais leve”, disse César ao Jornal Cidade.

David finalizou a entrevista ressaltando os benefícios que as pessoas podem obter durante o Encontro Empresarial. “As pessoas têm acesso a experiências de vida e a habilidades especiais. Todos nós temos habilidades. E esse tipo de evento nos desperta a desenvolver as melhores habilidades de cada um. Lagoa da Prata está de parabéns”, conclui.

SUPERAÇÃO – ACREDITE EM VOCÊ

Uma história de motivação, superação e inspiração. O judoca e jornalista Flávio Canto, um dos maiores nomes do judô nacional e apresentador de programas esportivos da Rede Globo, ministrou a palestra de encerramento do 10º Encontro Empresarial promovido pela ACE/CDL de Lagoa da Prata.

Canto falou sobre o seu projeto Reação, que oferece cidadania por meio do esporte a crianças pobres das favelas do Rio de Janeiro. Ele mostrou como a história de superação de muitos garotos serve de inspiração para que todas as pessoas possam superar as suas adversidades e conquistarem os seus sonhos. “O Reação cresceu da vontade que eu tenho de mudar o mundo. O que eu fazia de melhor era o judô. Sempre acreditei que o esporte pode funcionar como uma fonte de transformação, cujos valores aprendemos e levamos para o trabalho, para escola e para a relação com a família. Você se torna uma pessoa melhor e eu sempre acreditei nisso”, disse o judoca.

O palestrante elogiou a organização do Encontro Empresarial e ressaltou que os participantes – em sua maioria empresários e trabalhadores do comércio – devem manter-se resilientes e acreditarem em seus projetos, principalmente neste momento de dificuldade econômica. “Não existem sonhos irrealizáveis. Alguns são mais difíceis, o que significa que você pode cair mais vezes. Mas se você estiver disposto a se levantar, conseguirá chegar aonde quer. Preparem-se para enxergar em cada tombo uma oportunidade para voltar mais forte e perto do sonho”, comentou Canto em entrevista ao Jornal Cidade.

Após a palestra, o judoca gravou um vídeo convidando as pessoas a participarem do cadastro de doadores de medula óssea que será realizado em Lagoa da Prata no próximo dia 30. Assista ao vídeo na fanpage da Lagoa Em Revista no Facebook. Canto também gravou uma mensagem de incentivo às crianças atendidas pela Associação Sara Aparecida, que você pode assistir na página do Jornal Cidade na mesma rede social.

QUARTA (90)

MENSAGEM DA DIRETORIA

“O Encontro Empresarial cresceu muito. Cresceu em qualidade na estrutura da organização. Os palestrantes nos ensinaram como nos desvencilhar das dificuldades impostas pela nossa economia.

José Raimundo
José Raimundo

Está difícil, mas existem meios para sairmos mais fortalecidos O que mais nos deixa felizes e satisfeitos, é porque o encontro foi um sucesso de público e também uma prova de credibilidade, porque ter a parceria da Lagoacred e Crediprata há tantos anos já nos deixa muito felizes, esse ano ter a Embaré, uma das maiores empresas da cidade, totalmente inserida na comunidade, respeitada como ela é, estar ao nosso lado nesse evento nos dá uma satisfação muito grande uma confiança de que estamos no caminho certo. Não tem nenhum evento promovido pela ACE/CDL que não desperte o interesse das pessoas, pois fazemos com muito carinho e com o objetivo de realmente representar a classe empresarial e fomentar o desenvolvimento do Município. Isso se deve à confiança dos nossos parceiros e ao comprometimento de nossa equipe e diretoria. Esse respaldo é transformado em ações

Paulo Pereira
Paulo Pereira

As palestras do 10º Encontro Empresarial foram muito produtivas, com um nível de aceitação elevado. Mesclamos palestras de crescimento pessoal como expertise em fomento de negócios.

Para 2017 os trabalhos já começaram. A ideia é firmar parcerias ainda tão fortes e fazer um evento ainda maior, com atrações na parte da tarde e à noite”.

José Raimundo e Paulo Pereira, presidentes da ACE/CDL de Lagoa da Prata

Norma Aloy, empresária:

“Foi a primeira vez que participei do Encontro Empresarial e me surpreendeu não só a organização, mas também as próprias foto1palestras em si. Considero esse tipo de evento bastante importante para o desenvolvimento sócio-econômico da cidade, pois é capaz de gerar reflexões e motivação para os empresários locais. Todo e qualquer elemento novo que agregue valor é sempre muito bem vindo e necessário”.

 

Melissa Valadão, advogada:

“Tive o prazer de assistir a palestra ‘A Arte de Ser Leve’, de Leila Ferreira, no Encontro Empresarial promovido pela ACE/CDL e foto2confesso que fiquei encantada com o evento. Vejo de suma importância a realização de referido Encontro, principalmente pelo tema deste ano, que trouxe motivação, incentivo e esperança a todos para atravessar o momento atual de nossa economia. Parabéns aos organizadores e colaboradores”.

 

Nilson Antonio Bessas, Presidente do Conselho de Adminstração do Sicoob Lagoacred:

“O Sicoob Lagoacred vê no Encontro Empresarial realizado pela ACE uma oportunidade para os empreendedores locais buscarem foto3novos conhecimentos e motivações para melhorarem as suas gestões e, com isso, aumentar o desempenho de seus negócios. Por isso somos parceiros. Queremos estar sempre contribuindo para o fortalecimento da economia de Lagoa da Prata e ver nossos associados bem sucedidos com seus empreendimentos”.

 

Alexandre Antunes, Vice-Presidente da Embaré:

“As palestras com foco em conhecimento são sempre positivas. A economia sofre com a crise, mas a situação deve melhorar. É preciso ter perseverança, buscar alcançar as metas e não se foto4deprimir com a situação política. O país vai chegar lá na frente numa situação muito melhor do que está agora. Estamos passando o país a limpo. Os empresários estão tomando a consciência de que podem fazer a diferença. E eventos como o Encontro Empresarial promovido pela ACE/CDL fortalecem ainda mais a classe empresarial e, consequentemente, a comunidade como um todo”.

 

Adailto dos Santos, empresário:

“O Encontro Empresarial incentiva as empresas, os colaboradores e a economia de um modo geral. Participo todos os anos e tenho percebido que o evento tem crescido a cada ano, com um número foto5maior de participantes. Nós, empresários, vemos o empenho da direção e colaboradores da ACE/CDL em trazer palestrantes que trazem novas ideia se injeção de ânimo.  Todos nós temos a ganhar com essas ações promovidas pela Associação Comercial. A classe empresarial ganha, os funcionários ganham e os clientes também. Em larga escala, a cidade inteira é beneficiada”.

 

“Eventos como este levam conhecimento aos empresários e concedem a oportunidade de evoluírem seus negócios. Por isso foto6quero parabenizar a ACE/CDL que novamente nos surpreendeu pela qualidade das palestras apresentadas e pela organização do Encontro Empresarial deste ano.” Ivo Jonas Gontijo, Diretor
do Sicoob Crediprata

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp